PUBLICIDADE

Chega! Não aguento mais! Cansei da Enfermagem! E agora? O que devo fazer da minha vida?

Provavelmente, essas questões já passaram pela sua cabeça alguma vez, seja após o término da faculdade ou após tentativas frustradas de conseguir emprego na área. Ou ainda, se deparar com um mercado de trabalho feroz e implacável, que muitas vezes não dá oportunidade para quem está começando.

Muitas vezes, escutamos essas frases diariamente:

A enfermagem não é unida!

Os técnicos e os enfermeiros são inimigos!

Isso muitas vezes nos desanima. É uma realidade que faz parte do nosso trabalho e a faculdade de enfermagem muda a vida de qualquer um!

O estresse nesta profissão é alto. Isto é um fato que não podemos negar. Precisamos saber e aprender a lidar com ele da melhor maneira possível. Apesar disso, não se sinta culpado ou frustrado ao pensar ou trocar de profissão.

Muitas enfermeiras acabam decidindo mudar de carreira após mais de 10 ou 20 anos trabalhando no setor assistencial. Mas apesar disso, você sabia que pode atuar em outras áreas relacionadas à enfermagem? Acredite ou não, você tem várias opções hoje em dia. Mudar de área não implica, necessariamente, em diminuição de salário. Pelo contrário, seu bolso pode ficar até mais cheio no final do mês!

Conheça outras possibilidades para trabalhar, ainda na área da enfermagem:

enfermeira estressada

Mudando de área na Enfermagem

Enfermeiro gestor

Os enfermeiros gestores, ou administradores são aqueles com amplo conhecimento clínico, mas que não prestam assistência em “beira de leito”. Eles utilizam toda a sua experiência, para gerir clínicas, consultórios, postos de saúde, hospitais, centros de vacinação, etc.

O salário é geralmente mais alto do que os enfermeiros assistenciais, e se você tiver facilidade em liderar equipes, já está a um passo a frente de seus concorrentes.

O profissional gestor terá como atividades principais: gestão de escala de pessoal/dimensionamento de enfermagem; administração de recursos físicos, humanos e materiais, previsão e compra de materiais, etc.

Caso queira seguir nesta área, uma dica é cursar uma especialização voltada para a administração em enfermagem.

PUBLICIDADE

Enfermeiro Consultor

São profissionais que prestam consultorias independentes. Não estão ligados formalmente a nenhuma instituição de saúde ou educacional. Eles podem prestar atendimento individualizados na assistência ou dar treinamento em hospitais. As empresas que fabricam produtos para a área da saúde também contratam enfermeiros consultores para ajudar na criação de novos produtos.

Enfermeiro da Tecnologia da Informação

Todos nós sabemos que estamos vivendo em um mundo cada vez mais conectado, não é mesmo? Até já comentamos aqui sobre a relação entre enfermagem e informática.

Atualmente, a tendência é informatizar tudo! Isso gera mais segurança e eficácia. Chega de receitas escritas! Chega de garranchos nos prontuários! Vamos colocar deixar o prontuário do paciente online!

Se você gosta da área de tecnologia, esse ramo da enfermagem é pra você!

Você pode trabalhar junto com empresas de tecnologia que desenvolvem produtos ligados à assistência de enfermagem, por exemplo, prontuários eletrônicos, equipamentos de higienização de mãos, dentre outros. Além disso, o salário é muito bom, mas tende a ser mais esporádico.

Enfermeiro Educador

O profissional deste ramo atua realizando palestras e treinamento de educação continuada junto a profissionais que estão na assistência ou não. Este cargo requer experiência na área, formação de alto nível (geralmente quem possui especialização, mestrado ou doutorado) e habilidades de comunicação. O enfermeiro educador irá atuar também em treinamentos em empresas, visando maior segurança e saúde para os trabalhadores.

Enfermeiro Vendedor

Que tal trabalhar como vendedor ou representante de produtos da área da enfermagem? Você pode literalmente vender de tudo, desde equipamentos milionários, até mesmo produtos mais simples, como assinatura de revistas médicas. Também é possível vender online, o que amplia a sua chance de ter sucesso na área. Os horários para esta área geralmente são mais flexíveis, e os salários são altos, dependendo da porcentagem de comissão que você irá receber.

Enfermeiro de Home Care

Apesar de ainda estar ligado diretamente à assistência, o profissional que atua nesta área está sob menos estresse do que aqueles enfermeiros que trabalham em longos plantões. Os salários são mais baixos, por requererem menos cuidados complexos. Este profissional irá atuar na assistência junto a pacientes que estão em casa, ou seja, foram dispensados da internação ou estão se tratando de câncer ou outras patologias. Também é um trabalho esporádico.

Ainda Bem Que Temos Muita Flexibilidade na Carreira!

Ainda bem que não precisamos ficar presos à somente uma área de atuação. Neste post apresentamos várias delas e possivelmente existem outras tantas. Nunca é tarde para mudar de área e descobrir novos horizontes!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus colegas e amigos!

Juarez Coimbra

É enfermeiro, doutorando em Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso. É Especialista em Saúde Pública e um Apaixonado por Blogs, escreveu o seu primeiro na área de enfermagem ainda em 2014.

Deixe uma resposta