A profissão de Técnico de Enfermagem é bastante importante nos hospitais brasileiros. São eles que desenvolvem cuidados diretamente com o paciente.

Confira este artigo em áudio:

Sem tempo para ler? Aperte o play acima e ouça este artigo agora mesmo.

Os técnicos trabalham sendo supervisionados pelos enfermeiros. Eles podem atuar em hospitais, clínicas particulares, postos de saúde da família, laboratórios clínicos, centros de pesquisa médica, institutos médico-legais, domicílios, etc.

O mercado de trabalho para esta categoria profissional é bastante amplo e diversificado. Geralmente as vagas são numerosas, uma vez que a enfermagem é responsável por mais de 60% da mão de obra de uma unidade de saúde.

técnico de enfermagem

Navegue pelo post ou vá direto ao assunto que desejar, por meio do menu abaixo:

Quais as Funções desse Profissional?

Por padrão, cabe ao técnico de enfermagem, realizar apenas atividades de média complexidade, ou seja, que não envolvam cuidados críticos ou intensivos. Portanto, ele não pode realizar sozinho, cuidados em pacientes que estão em estado grave de saúde.

Funções/Atividades do Técnico de Enfermagem

Os técnicos de enfermagem podem ter diversas funções nas unidades em que atuam, as principais são:

  • Receber o plantão da equipe de enfermagem, para saber como estavam os pacientes no turno anterior.
  • Administrar o material do posto de enfermagem, zelando para o seu uso correto.
  • Providenciar material para uso no dia-a-dia, solicitando ao enfermeiro assim que necessário.
  • Realizar troca de leitos e encaminhar pacientes ao banho.
  • Verificar as prescrições de enfermagem e médica e aplicar os cuidados diretamente aos pacientes.
  • Checar regularmente os sinais vitais dos pacientes, procedendo à anotação nos prontuários.
  • Preparar e administrar as medicações ou realizar exames.
  • Proceder a punção venosa e cuidar para que o acesso não desenvolva infecção ou inflamação.
  • Realizar curativos em feridas, desde que as feridas não sejam complexas (muito grande, com infecção ou outro distúrbio).
  • Realizar sondagem vesical (de demora e de alívio), nasoenteral ou nasogástrica.
  • Instalar cânula de oxigênio ou ar comprimido para o paciente.
  • Promover o bem-estar dos pacientes.
  • Escrever o relatório de enfermagem completo e repassar ao enfermeiro responsável ao final do plantão.
  • Entrar em contato com o enfermeiro sempre que houver dúvidas quanto á exames, cuidados, medicações, etc.
  • Orientar o paciente quanto ao: funcionamento do hospital, realização de exames, medicações e procedimentos.
  • Ser ético, respeitando o sigilo profissional, assim como agir com gentiliza e presteza junto aos colegas da equipe.
  • Auxiliar no transporte de pacientes entre hospitais ou auxiliar pacientes nas mudanças de leito.
tecnica-de-enfermagem

Como é o Curso Técnico em Enfermagem?

O curso visa formar profissionais capacitados a realizarem cuidados de enfermagem.

E o que é preciso para entrar no curso? Para ingressar no curso, é necessário ter o ensino médio completo!

A duração é de no mínimo dois anos, no entanto, existem lugares onde o curso pode ser de até três anos. Cada instituição de ensino pode ofertar o curso com duração diferenciada. No total, o curso tem 1.800 horas de duração, entre atividades teóricas em sala de aula e estágios curriculares.

As aulas geralmente são ministradas por enfermeiros. Eles irão instruir quanto aos cuidados que o técnico de enfermagem deverá realizar junto aos pacientes.

Segundo a Legislação do Exercício Profissional da Enfermagem (Lei 7.498/86), cabe ao técnico de enfermagem executar ações de caráter repetitivo, tais como: aferição de sinais vitais, higienização e preparo de materiais, administração de medicação, etc. Devido a sua própria natureza de trabalho, é o profissional que mais tem contato com o paciente/cliente.

Que Disciplinas Terei no Curso?

Primeiramente, as disciplinas do primeiro ano do curso, visam instruir o aluno sobre o funcionamento do corpo humano e suas especificidades, são elas:

  • Anatomia (como o corpo é constituído) e Fisiologia (como o corpo funciona)
  • Ética em Enfermagem
  • História da Profissão
  • Fundamentos de Enfermagem
  • Farmacologia (estudo dos medicamentos e seu uso no tratamento)
livros

Posteriormente, no segundo ano de curso, as disciplinas são voltadas aos cuidados mais específicos. No último ano, também são incluídos os estágios obrigatórios. As disciplinas são:

  • Cuidados de Enfermagem à criança, adolescente, adulto e idoso
  • Cuidados a pacientes em situação de urgência e emergência
  • Enfermagem em Saúde Mental
  • Obstetrícia
  • Estágios Curriculares (com presença do professor)
  • Trabalho de Conclusão de Curso (opcional)

Os estágios curriculares são atividades práticas no qual os alunos irão cuidar de pacientes internados e serão supervisionados pelo professor do curso ou pelo chamado preceptor (o enfermeiro da própria unidade de saúde). Portanto, os estágios são obrigatórios e possuem a carga horária de cerca de 600 horas.

Qual o Valor da Mensalidade do Curso?

Os valores das mensalidades variam bastante de um estado para o outro. No geral, os alunos pagam entre R$ 150,00 até R$ 450,00 reais mensais. É importante que aquele que deseja realizar o curso de Técnico de Enfermagem pesquisa bastante antes, uma vez que as mensalidades tem diferentes valores de uma instituição de ensino para outra.

Também é possível financiar o valor do curso junto a instituições bancárias, ou fazer o pagamento à vista em parcela única. Geralmente, o curso tem um valor total de cerca de R$ 4,000.00 reais

Qual o Salário do Técnico de Enfermagem?

Assim como os valores das mensalidades do curso, como mencionei acima, os valores dos salários também variam bastante.

salario-do-tecnico-de-enfermagem

Geralmente, os técnicos recebem uma base que varia de R$ 1,400.00 até R$ 3,500.00 a depender da carga horária cumprida semanalmente e da instituição de saúde que trabalham.

Os técnicos de enfermagem geralmente trabalham em regime de plantão (à exceção daqueles que atuam em postos de saúde, onde a carga horária é de 40 horas semanais). Os plantões podem ser de 12/36 (doze horas trabalhadas e trinta e seis horas de descanso).

Além do salário base inicial, os técnicos de enfermagem também podem receber auxílios refentes à insalubridade e também de adicional noturno (este último geralmente é pago a quem trabalha em regime de plantão).

6 Perguntas e Respostas sobre a Profissão de Técnico em Enfermagem

qual-curso-fazer

1. Para entrar na faculdade de enfermagem é preciso fazer o curso de Técnico de Enfermagem antes?

Resposta: Não. São dois cursos diferentes. Para ingressar na faculdade de enfermagem basta ter o ensino médio completo e 18 anos.

2. Esse profissional é submetido ao médico?

Resposta: Não. O técnico de enfermagem faz parte da equipe de enfermagem da unidade de saúde. Portanto, ele trabalha em equipe com os demais profissionais.

3. Qual a diferença entre o Auxiliar de Enfermagem e o Técnico de Enfermagem?

Resposta: O auxiliar de enfermagem atua em cuidados mais básicos com o paciente. Por exemplo: transporte, troca de pequenos curativos, entrega de exames ou medicações, aferição de sinais vitais, etc.

Já o técnico executa atividades um pouco mais complexas, como sondagem vesical, posicionamento do paciente para procedimentos, tricotomias, etc.

4. É necessário fazer a inscrição no COREN (Conselho Regional de Enfermagem) para trabalhar nessa área?

Resposta: Sim. O registro é obrigatório após o aluno se formar. O valor do registro varia de R$ 140,00 até R$ 200,00 reais por ano, a depender do seu estado. Portanto, pesquise junto ao COREN de sua cidade.

5. O que é preciso para ter sucesso nessa área?

Resposta: Estudar sempre! Essa é a chave do sucesso. Nunca pare de estudar. Após realizar o curso técnico, você pode realizar aperfeiçoamentos ou especializações. Assim, você terá maiores chances de ingressar no mercado de trabalho!

6. Existe especialização para essa área?

Resposta: Sim! Para o técnico de enfermagem existem as chamadas especializações também. Assim, ao cursá-la, o profissional será especialista em determinada área ou assunto. Saiba mais no tópico a seguir!

Especializações para o Técnico de Enfermagem

Assim como os enfermeiros, os técnicos também podem realizar especializações a fim de se aprofundarem em determinada área. Geralmente, a carga horária é de 300 horas. As especializações mais procuradas são:

  • Enfermagem em Instrumentação Cirúrgica (auxilia em cirurgias e demais procedimentos, auxiliando médicos e enfermeiros)
  • Centro de Material Esterilizado (atua separando e higienizando materiais e instrumentos para esterilização)
  • Enfermagem em Saúde Pública (atua em postos de saúde atendendo a população de determinado bairro)
  • Urgência e Emergência (aprimora seus conhecimentos para atuar em unidades de pronto atendimento)
  • Enfermagem em Home Care (direcionada aqueles profissionais que desejam atuar prestando cuidados a pacientes que se tratam em casa)
  • Imunização e Sala de Vacina (voltada para os profissionais que atuam em salas de vacina, geralmente nos postos de saúde, atua principalmente manipulando e administrando a sala de vacina)
  • Saúde do Trabalhador (é específica para aqueles que trabalham em empresas, ajudando a reduzir as possíveis doenças que podem afetar os funcionários de determinada empresa)
técnico-de-enfermagem-instrumentador
Um Técnico de Enfermagem Instrumentador é uma das Possíveis Áreas de Atuação

Após realizar a especialização que desejar, é necessário levar o certificado do curso ao COREN (órgão que fiscaliza e monitora as atividades desses profissionais) para ser registrado em seu currículo funcional.

Eaí? A profissão de Técnico de Enfermagem é para você? Comenta aqui em baixo!

Já faz o curso ou é já é formado(a)? Comenta suas impressões sobre a profissão conosco!

Juarez Coimbra

É enfermeiro, doutorando em Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso. É Especialista em Saúde Pública e um Apaixonado por Blogs, escreveu o seu primeiro na área de enfermagem ainda em 2014.

Deixe um Comentário